Inicial | Notícias

Notícias


Gestão de Resíduos nos estádios da copa do mundo da FIFA

Foto_copa

A Copa do Mundo no Brasil está chegando, a maioria está preocupado com a entrega das obras e em como ficará o trânsito e o comércio. Mas e os resíduos que serão gerados? Quem são os responsáveis?
As ações de Gerenciamento de Resíduos durante a copa do mundo de 2014 serão de responsabilidade da própria FIFA e da Coca-Cola.
Na Copa das Confederações de 2013, as ações de gerenciamento de resíduos já foram testadas e agora serão realizadas nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo. De acordo com o diretor de Comunicação e Sustentabilidade da Coca-Cola para a Copa do Mundo da FIFA, a experiência na Copa das Confederações foi o primeiro passo para avaliar como serão os trabalhos durante o evento principal. Para garantir a excelência do projeto, para a Copa do Mundo serão dados treinamentos para toda a equipe de catadores que trabalhará durante os jogos. “Avaliamos a experiência realizada na Copa das Confederações de forma bastante positiva e, em parceria com a FIFA, resolvemos levar a ação para as 12 cidades-sede. A participação dos catadores foi fundamental para o resultado. Pensando na Copa do Mundo, decidimos ir além e contribuir também para o crescimento profissional e pessoal desse grupo. Por isso, criamos o Treinamento para Gestão de Resíduos nos Estádios da Copa do Mundo da FIFA”, explica o diretor.
Ao todo, serão 840 catadores capacitados. Natal, Recife e Belo Horizonte foram as primeiras cidades-sede a receber o treinamento. Durante oito horas, os catadores foram capacitados e aprenderam a manusear os equipamentos que serão utilizados durante o Mundial, conheceram o esquema de trabalho e as regras de segurança e comportamento durante as partidas. As próximas cidades que receberão o treinamento são:

  • 12/03 – São Paulo
  • 14/03 – Brasília
  • 25/03 – Fortaleza
  • 27/03 – Salvador
  • 01/04 – Cuiabá
  • 03 /04 – Manaus
  • 08/04 – Rio de Janeiro
  • 10/04 – Curitiba
  • 15/04 – Porto Alegre

A iniciativa tem o objetivo de estimular a expansão da coleta seletiva de resíduos urbanos nas sedes da Copa seguindo os parâmetros da Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituído em 2010, na qual há normas para coleta, destinação e tratamento de resíduos urbano e industrial.
Na copa das confederações foram destinados 70 toneladas de material para reciclagem. A estimativa para a Copa do Mundo é que sejam produzidos cinco toneladas de resíduo a cada partida. Desse total, estima-se que 40% sejam resíduos passíveis de reciclagem. Todo resíduo reciclável produzido será coletado e encaminhado para reciclagem nas cooperativas apoiadas pela Coca-Cola Brasil participantes do projeto Coletivo Reciclagem, que oferece suporte para a gestão e capacitação em 300 cooperativas em 22 estados.

Referências:
http://rmai.com.br/v4/Read/1748/coca-cola-realiza-treinamento-para-gestao-de-residuos-nos-estadios-da-copa-do-mundo-da-fifa.aspx
http://portalnoar.com/catadores-recebem-capacitacao-para-realizar-coleta-durante-a-copa-do-mundo/

 
 
Downloaded from 96down.com.